Open Conference Systems


2ª Conferência Internacional de Inovação em Saúde

A 2ª Conferência Internacional de Inovação em Saúde terá como tema principal “A importância da Inovação Tecnológica em Saúde para os países em desenvolvimento” e reforçará o foco do LAIS: promover pesquisas aplicadas e de alto impacto social que sejam de interesse de gestores e pesquisadores, do Brasil e do mundo, dedicados às políticas públicas de saúde e ao fortalecimento da saúde global.

É consenso que a inovação tecnológica é um meio efetivo para a consolidação da resposta em saúde dos países, pois contribui para a melhoria da qualidade dos sistemas de saúde por meio do fortalecimento das ações e processos de promoção, prevenção, proteção e recuperação da saúde. Dessa forma, reduzem-se os custos para os sistemas no atual contexto da saúde global. Para além de sua reconhecida dimensão social e de cidadania, a saúde também constitui área estratégica para o desenvolvimento econômico e a transformação produtiva.

No Brasil, a saúde representa demanda nacional de 10% do PIB, ocupa o 8º lugar no Mercado Mundial, emprega 1/3 dos trabalhadores qualificados do país e representa 35% do esforço nacional de P&D (área de maior crescimento do esforço de inovação). Além disso, ela abrange plataformas tecnológicas estratégicas para o futuro brasileiro, como biotecnologia, química fina, equipamentos médicos, tecnologia da informação e telemedicina, nanotecnologia, novos materiais, entre outras.

Considerando os princípios constitucionais do SUS e a estimativa de a população brasileira ser de 216,4 milhões de pessoas até 2030, com o dobro do número de idosos em relação a 2010 (40,5 milhões), com predomínio sobre os jovens (36,7 milhões), bem como observando que 52,5% da população estará com excesso de peso, o padrão tecnológico se torna fator determinante para a universalidade da saúde.

Efetivamente, a interação entre a cadeia produtiva, a comunidade científica e os serviços de saúde gera um ambiente propício à inovação, com atuação sistêmica e voltada ao desenvolvimento e à inclusão social, de modo a corroborar com a missão do LAIS, que é “fazer da ciência um instrumento de amor ao próximo”.

Acessar a conferência